História
A Primeira Câmara

A Primeira Câmara foi constituída em Sessão Solene de Instalação no dia 1º de janeiro de 1948, numa das salas do edifício da Prefeitura Sanitária, às 17 horas, tendo na época como Prefeito Sanitário, o Sr. José Bento da Silva.

Os trabalhos foram presididos pelo Meritíssimo Juiz Eleitoral da 134ª Zona, Dr. Armando de Azevedo Junior com a participação de autoridades municipais, a maioria dos vereadores eleitos no pleito de 09 de novembro do ano anterior e numeroso público.

A Sessão Solene de Instalação teve a seguinte Ordem do Dia:

a) Verificação dos Diplomas dos Vereadores presentes: o Juiz Presidente realizou a conferência dos Diplomas que estavam em conformidade com a Lei;

b) Instalação da Câmara: declarou instalada a Câmara e “se congratulou com o povo e os snrs. Vereadores pelo auspicioso acontecimento” e concedeu a Palavra ao Sr. Prefeito “que pronunciou discurso fazendo entrega da Casa aos snrs. Vereadores”.

c) Concessão da palavra a um Vereador por Legenda que queira se manifestar:Fizeram uso da palavra os Vereadores Dr. Vicente Rizzo e Anníbal Tortelli pelas legendas P.R, P.S.P e P.T.N “que pronunciaram orações de regozijo pelo promissor momento que se vivia”.

d) Eleição da Mesa com conseqüente transmissão da Mesa da Presidência ao Presidente que fosse eleito: a Eleição da mesa foi realizada a partir da combinação de artigos da Lei Orgânica dos Municípios e o Regimento Interno da Câmara Municipal de São Paulo, para eleger Presidente e dois Secretários, até que se criasse seu próprio Regimento Interno. A votação foi secreta e o resultado para a Primeira Mesa da Câmara foi:

Presidente: Vereador Humberto Amaral, com 7 (sete) votos;
1º Secretário: Vereador Luiz Augusto Barbosa, com 7 (sete) votos;
2º Secretário: Vereador Jacintho de Godoy Moreira, com 8 (oito) votos.

Terminada a eleição da Mesa, o Juiz Presidente passou a Presidência ao Vereador Humberto Amaral “após ter formulado votos de feliz gestão à mesa recém Eleita. Ao assumir a Presidência o Vereador Humberto Amaral agradeceu ao Meritíssimo Juiz por presidir os trabalhos de instalação da Câmara e aos Vereadores à sua eleição para o cargo de Presidente, “escolha esta que muito o honrava e cuja confiança procuraria corresponder”. Congratulou-se com os Vereadores e com a população da Estância pela instalação da Câmara e convidou os Vereadores a acompanharem o Meritíssimo Juiz de Direito até a saída, suspendendo a sessão por alguns instantes.

Reaberta a sessão, o Presidente declarou ter a ciência de que alguns dos Vereadores não estavam munidos dos seus certificados de quitação para com o Serviço Militar e que, portanto, os compromissos seriam deferidos na próxima sessão. Concedeu a palavra aos Vereadores que quisessem se manifestar, mas, ninguém o fazendo, marcou a próxima sessão para o dia 15 do mês corrente.


A formação do território do Município de Águas De Lindóia

Até chegar à sua conformação atual, o território de Águas de Lindóia sofreu algumas alterações em sua composição.

Na época da instalação da Câmara, em 1948, a abrangência geográfica do município era bastante diferente da que conhecemos hoje: Lindóia e Águas de Lindóia formavam um único território – a Estância Hidromineral de Lindóia, composta por Lindóia e Termas de Lindóia.

O município havia se emancipado politicamente de Serra Negra há 10 anos, por meio do Decreto nº 9.731 de 16 de novembro de 1938, assinado pelo Interventor Federal Dr. Adhemar Pereira de Barros.

Em 1953, com a promulgação da Lei n° 2.456, em 30 de dezembro, foi criado o Distrito de Águas de Lindóia que passou à categoria de Cidade e Lindóia se tornou uma Vila. Na época a Câmara estava em sua 2ª Legislatura e teve no dia 30 de janeiro de 1954 o primeiro registro em ata como Câmara Municipal de Águas de Lindóia.

Em 1964, após sucessivas articulações, Lindóia passou à categoria de município. Na mesma época, o Bairro dos Francos, Jaboticabal (ou Bairro dos Pereiras), Tanques e Barbosas foram incorporados ao território de Águas de Lindóia. Esses bairros, até então, pertenciam ao município de Socorro, embora já fizessem parte de Águas de Lindóia há muito tempo, tanto nos aspectos sociais, quanto econômicos.


Endereços da Câmara

Águas de Lindóia é um município bem jovem, se comparado com seus vizinhos. Pode-se dizer que ainda vai se formando, em termos de Instituições Públicas. Começamos com a Prefeitura, depois vieram a Câmara, a Delegacia de Policia e a Comarca.

A Primeira Câmara foi instalada no prédio da Prefeitura, na Rua Duque de Caxias (atual Rua São Paulo) onde foram realizadas durante 17 anos as Sessões do Poder Legislativo. O prédio foi demolido e no local foi construída uma agência do Banco Itaú.

Até a instalação da Sede Própria, local em que funciona até hoje, a Câmara foi transferida de lugar por seis vezes: em 1966 para a Rua Bolívia, n° 67; no ano seguinte, 1967, para a Avenida das Nações Unidas, n° 666; em 1969 retornou para o Prédio da Prefeitura, no mesmo local, porém, na já denominada Rua São Paulo, no n° 294; em 1972 voltou ao prédio da Avenida das Nações Unidas; em 1989 transferiu-se para a Rua São Paulo, n° 311, no antigo Hotel Metro e, finalmente se instalou em definitivo, em 1991, à Rua Profª Carolina Fróes, n° 351.

Presidentes e Vereadores: de 1948 e 2008

1ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1948 a 31 de dezembro de 1951.

Presidentes
- Humberto Amaral
- Vicente Rizzo

Vereadores

- Adolpho de Souza Godoy
- Anníbal Tortelli
- Aparecido José Pirani
- Benedito Alves Primo
- Benjamim Credídio
- Emílio Mantovani
- Estherlino Coli
- Jacintho de Godoy Moreira
- Luiz Augusto Barbosa
- Sebastião de Godoy Bueno
- Sebastião de Sousa Nino

Suplentes
- Ezio Coli – Posse em 09/03/1948
- Francisco Rodrigues da Silva – Posse em 08/05/1948
- Martinho José Bonifácio - Posse em 08/05/1948
- José Raymundo Neto – Posse em 23 /11/1948
- Armindo Faria – Posse em 16/12/1950


2ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1952 a 31 de dezembro de 1955.

Presidentes
- Vicente Rizzo
- Walther Adhemar Facchini
- Adolfo Mantovani
- Benjamim Credídio*

Vereadores
- Aparecido Rodrigues da Rocha
- Estherlino Coli
- Euphrosino Alves de Godoi
- José Bento da Silva
- Lázaro Antonio Barbosa
- Lázaro de Souza Godoy
- Romeu Martins Barbosa
- Sebastião de Souza Nino

Suplentes 
- Geraldo Gilli – Posse em 15/03/1954
- Murillo Antunes – Posse em 10/03/1955

*Assumiu a Presidência no período de licença solicitado pelo Vereador Adolfo Mantovani

3ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1956 a 31 de dezembro de 1959.

Presidentes
- Vicente Rizzo
- Adolfo Mantovani

Vereadores
- Aparecido José Pirani
- Aparecido Rodrigues da Rocha
- Antonio Toledo
- Benjamim Godoy Bueno
- Benjamin Credídio
- Estherlino Coli
- Geraldo Alves de Godoi
- Lázaro de Souza Godoy
- Murilo Antunes
- Vicente Rizzo

Suplentes 
- Euphrosino Alves de Godoi - Posse em 28/07/1956
- Eloy Damaso – Posse em 08/11/1956
- Atilio Silotto - Posse em 28/01/1959
- Sodário José de Morais – Posse em 16/02/1959

4ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1960 a 31 de dezembro de 1963.

Presidentes
- Geraldo Mantovani
- Aparecido José Pirani
- Antonio Toledo

Vereadores

- Adolfo Mantovani
- Agostinho de Souza Godoy
- Atílio Siloto
- Benjamim Credídio
- Fioravante Armigliato
- Jovino de Godoy Moreira

- Lázaro Antonio Barbosa
- Sodário José de Morais

Suplentes 
- Murilo Antunes – Posse em 29/01/1960
- André Lista – Posse em 25/03/1960
- Waldemar Grau – Posse em 28/10/1960

5ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1964 a 31 de janeiro de 1969.

Presidentes
- Sebastião Bernardino Filho
- Leôncio Ribas Marinho

Vereadores

- Agostinho de Sousa Godoy 
- Antonio Corsi
- Antonio Toledo
- Aparecido José Pirani
- Ary Mantovani
- Fioravante Armigliato
- Isaias Rodrigues Camargo
- João Batista Filho
- Laércio Londro de Oliveira

Suplentes
- Benedito Aparecido Dematte – Posse em 12/10/1964
- João Pereira Mourão – Posse em 30/03/1965
- Vitor Domingues – Posse em 30/03/1965
- Luiz Corsi – Posse em 17/07/1965

6ª Legislatura
De 1º de fevereiro de 1969 a 30 de janeiro de 1973.

Presidentes
- Orivaldo Sebastião Conti
- Fioravante Armigliato

Vereadores

- Aparecido Benedito de Godoy
- Décio Marson
- João Antonio Siqueira Gatolini
- José Raymundo de Souza
- Mario Xavier
- Narciso Alves de Moraes
- Paulo Fernandes da Silva

Suplente
- Antonio Corsi – Posse em 21/12/1971

7ª Legislatura
De 31 de janeiro de 1973 a 31 de janeiro de 1977.

Presidentes
- Archangelo Brunhara Conti
- Aparecido Benedito Vieira de Godoy

Vereadores

- Achiles de Godoy Mantovani
- Antonio Corsi
- Fioravante Armigliato
- Germano Gelmini
- José Raymundo de Souza
- Romeu Fregni
- Victor Domingues 

Suplentes
- Élio Benedito Pirani – Posse em 13/10/1975
- Wilson Sette – Posse em 23/02/1976

8ª Legislatura
De 01 de fevereiro de 1977 a 31 de janeiro de 1983.

Presidentes
- Antonio Corsi
- Fioravante Armigliatto
- Nelson Benedicto Davi**

Vereadores
- José Aparecido Raimundo de Almeida
- José Ney Gotardelo Rezende
- Hermínio Gomes de Moraes
- Ismael Rielli
- João Antonio Siqueira Gatolini
- Otávio Marchi
- Pércio Fioravante

** Tomou posse em 28/05/1979 para preenchimento da vaga do Vereador Antonio Corsi, eleito Vice-Prefeito do Município e em 1981 foi eleito Presidente da Câmara.

9ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1983 a 31 de dezembro de 1988.

Presidentes
- Ismael Rielli
- Francisco Renzo Pereira Goulart

Vereadores
- Geraldo Mantovani
- Gilmar Soares de Souza
- Hermínio Gomes de Moraes
- João Pires da Silva
- José Rubens Genghini
- Mauro Tiengo
- Narciso Alves de Moraes 



10ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992.

Presidentes
- João Pires da Silva
- Geraldo Mantovani Filho

Vereadores


- Amélia Aparecida Lacerda Manente 
- Antonio Alves de Morais
- Antonio Nogueira
- Francisco Renzo Pereira Goulart 
- Joel Raimundo de Souza
- José Luiz Alves
- José Rubens Genghini
- Luiz Benedito de Oliveira Dorta
- Mauro Tiengo
- Paulino Formágio
- Reynaldo de Godoi Bueno

Suplentes
- Joarez Barreto – Posse em 23/10/1989
- Antonio Carlos de Godoi – Posse em 29/10/1991

11ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996.

Presidentes
- Antonio Vesco Alves de Morais
- Joel Raimundo de Souza

Vereadores

- Antonio Nogueira
- Francisco Renzo Pereira Goulart
- Gilmar Soares de Souza
- Hermínio Gomes de Moraes
- Janete Delmina Renzo Rielli
- Nelson Benedicto Davi
- Paulino Formágio


12ª Legislatura
De 1º de janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000.

Presidentes
- Claudio Tozzi Bernardino
- Antonio Nogueira

Vereadores

- Hilário Piffer Junior
- Janete Delmina Renzo Rielli
- João Carlos Genghini
- João Luis de Souza Almeida
- Joel Raimundo de Souza
- Lígia Carvalho Fiori
- Paulino Formágio

Suplentes
- Antonio Vesco Alves de Moraes – Posse em 14/06/1999
- Paulo Sérgio Vesco da Silva – Posse em 13/09/1999
- Nivaldo Antonio Stacheti – Posse em 27/03/2000

13ª Legislatura
De 1º de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2004.

Presidentes
- Lígia Carvalho Fiori
- Antonio Nogueira

Vereadores

- Antonio Vesco Alves de Moraes
- Joel Raimundo de Souza
- José Rosa Lima
- Maria Aparecida Soares de Andrade
- Pedro Camilo Rielli
- Regina Aparecida Pelatieri Goulart
- Sidinei Gomes de Oliveira

Suplente
- Cláudio Tozzi Bernardino – Posse em 12/02/2001

14ª Legislatura
De 1º de janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2008.

Presidentes
- Regina Aparecida Pelatieri Goulart
- Luciano Carvalho Fiori
- Carlos Henrique da Costa

Vereadores

- Caio Tacla
- Claudinei Pinheiro de Almeida
- Hilário Piffer Junior
- Irene Aparecida dos Santos Parolim
- Renato Cândido Ferreira
- Valdir dos Santos

Suplente
- Laudelino Fregni – Posse em 08/12/2008

Funcionários

Quando as instalações da Câmara eram conjuntas com a Prefeitura, os trabalhos eram realizados com a colaboração entre os servidores e vereadores. Somente em 1966, a Câmara admitiu seu primeiro funcionário, o Sr. Luiz Carlos de Andrade Armigliatto, que atuou no Legislativo até a sua aposentadoria em 1997.
Também trabalharam na Câmara os funcionários Davi Lopes da Silva (de 1.977 a 1.995) e Diogo Leandro Parreira (1998 a 2000), Clarissa Mariano (2005 a 2008) eDouglas D’Auria Vieira de Godoy (2008).
Atualmente o quadro de funcionários é formado por Carlos Roberto Pereira (desde 1977), José Nelson de Lima Franco (desde 1997), Regina Léa Virgilio de Souza(desde 1999), Leandro de Freitas Mariano (desde 2005), Luciane Pereira Urbano(desde 2008), Lessandra Regina Toledo de Oliveira (desde 2008).


REFERÊNCIAS

SILVA, José Paulo de Campos e. Guia Histórico de Águas de Lindóia. Campinas, SP: Editora Átomo, 2005)

Livro de Registro de Empregados, Câmara Municipal da Estância de Águas de Lindóia.

Livros de Atas, Câmara Municipal da Estância de Águas de Lindóia.

Termo de Compromisso e Posse dos Vereaodores – Livro nº 1


(O Texto acima faz parte do Material Comemorativo “Câmara Municipal da Estância de Águas de Lindóia 60 anos”, editado em dezembro de 2008.)


Câmara Municipal da Estância de Águas de Lindóia/SP
Horário de funcionamento da Câmara:
De segunda à sexta, das 8:00hs às 12:00 e das 13:00 às 17:00hs
Sessões Ordinárias, todas as segundas-feiras às 19:00hs
Rua Professora Carolina Fróes, Nº 351 - Centro - Águas de Lindóia/SP | CEP: 13940-000
Desenvolvido por: DIGITATOS
(19) 3824-9999